medico-ortopedista-especialista-coluna-goiania

Hérnia de disco

Hérnia de disco? Consulte o ortopedista especialista em Coluna!

É um número assustador! Mas 5,4 milhões de pessoas, no Brasil, sofrem com hérnia de disco. Foi o que constatou a pesquisa mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estáticas (IBGE), de 2018. Essa enfermidade, embora não leve a óbito, é uma das principais causas de limitação profissional.

hérnia de disco nos últimos anos vem se manifestado cada vez mais cedo, hoje em dia a faixa etária mais afetada inclui pessoas de 30 a 50 anos. Essa doença, diagnosticada pelo ortopedista especialista em Coluna, tem como principal sintoma a dor. Se não tratada, pode interferir na qualidade de vida e limitar atividades rotineiras e essenciais, como caminhar, sentar, levantar, etc.

Quer saber mais sobre hérnia de disco e quais são os tratamentos que o ortopedista especialista em Coluna pode indicar? Então continue lendo o texto e descubra.

O que é hérnia de disco?

Discos vertebrais são estruturas pequenas constituídos por tecido cartilaginoso e elástico. São compostos por um anel fibroso (parte externa) e um núcleo pulposo (parte interna). Presentes ao longo de toda coluna vertebral, estão situados entre duas vértebras. Dentre as principais funções dos discos estão: evitar o atrito entre as vértebras, possibilitar o movimento entre elas e amortecer impactos.

Quando a camada externa do disco se quebra, devido ao desgaste ou trauma, o núcleo pulpuso invade o canal vertebral, ocorrendo, assim, a hérnia de disco. No momento em que esse material invade o canal vertebral, passa a comprimir as raízes nervosas mais próximas, essa compressão provoca muita dor.

Embora possam afetar qualquer região da coluna, as hérnias são comuns principalmente na região lombar; especialmente no sacro e nos níveis L4L5 e L5S1; e na cervical, C5C6 e C5C7; haja vista que esses são locais em que há maior movimentação. Para identificar o local exato do problema, é preciso consultar um ortopedista especialista em Coluna.

Descubra o que pode causar hérnia de disco?

Como você já descobriu, a hérnia de disco é provocada pelo desgaste ou enfraquecimento dos discos intervertebrais. Essa deterioração pode ser causada pela idade, por fatores genéticos, postura errada, movimentos repetitivos que exigem muito dos músculos das costas, excesso de peso, atividades que demandam esforço físico e, embora mais raro, acidentes de trânsito e quedas, etc. Em síntese, qualquer atividade que sobrecarregue ou desgaste os discos vertebrais pode desencadear essa doença.

Como reconhecer quais são os sintomas da hérnia de disco?

Os sintomas da hérnia de disco se manifestam de acordo com a região da coluna que ela se encontra, as mais dolorosas são aquelas que provocam a compressão da raiz nervosa.

A hérnia de disco cervical: causa dor no pescoço, escápula, ombros e braços; formigamento no braço e na mão; fraqueza nos braços e mão; e, em casos mais graves, fraqueza nos quatro membros.

hérnia de disco torácica: (mais rara) provoca dor no meio das costas que irradia para as costelas, formigamento na região das costelas e, em casos mais graves, fraqueza nas pernas.

A hérnia de disco lombar: além de ocasionar dor no nervo ciático, também causa dor nas nádegas, coxa, perna e pé; cãibras na perna; formigamento e dormência na perna e pé; fraqueza na perna e pé; em casos graves, perda do controle da bexiga e intestino.

Caso sinto alguma dessas dores, dificuldade para pegar objetos pesados ou andar, por exemplo, é fundamental procurar ajuda de um ortopedista especialista em Coluna.

Como o ortopedista especialista em Coluna faz o diagnóstico?

No exame clínico, o médico avalia a sensibilidade, força motora e reflexos. O ortopedista especialista em Coluna também pode solicitar exames de imagem como radiografia, tomografia computadorizada ou ressonância magnética.

A radiografia possibilita a visualização das vértebras e das facetas articulares, podendo auxiliar, ainda, na descoberta de outras doenças como escoliose e espondilolistese, por exemplo; a tomografia permite visualizar as três dimensões da coluna; já a ressonância magnética e o exame mais completo, pois viabiliza a visualização com precisão dos nervos, ligamentos e discos intervertebrais.

Qual tratamento o ortopedista especialista em Coluna indica?

O tratamento depende da gravidade da doença. No estágio inicial, o médico pode indicar repouso, analgésicos, anti-inflamatórios, relaxantes musculares e sessões de fisioterapia. Cerca de 90% dos pacientes conseguem se recuperar com esses tratamentos e voltar às atividades do dia a dia precocemente. Para bloquear a dor, o ortopedista especialista em Coluna também pode realizar infiltrações, como injeções de esteroides, ou, em último caso, cirurgia de hérnia de disco para descompressão da raiz nervosa.

Conheça todas as condições Médicas tratadas

COE - St. Bela Vista

(62) 3089-0978

Ortotrauma - Coimbra

(62) 3291-3755

Teleconsulta

Doctoralia

Desenvolvido por QMIX Digital. Todos os direitos reservados.